segunda-feira, fevereiro 26, 2007

se

se eu acordar na hora
(se o despertador tocar)
se não pegar muito trânsito
se não chegar atrasada
se o dia não for muito apertado
se nada me aborrecer demasiado
se não cair nenhuma tempestade de verão
se não ficar presa em reunião até tarde
se à noite eu estiver sã e salva
eu juro pelo que há de mais sagrado:
o que restar de mim é teu.

7 comentários:

Adelino disse...

Lindo, Denise, lindo mesmo.
Gostei.
Abaços

strix disse...

Todinha minha, então?
Strix.

Denise Sollami disse...

Adelino, obrigada.
Strix, Strix... De toda forma, o que resta de mim ao final de um dia é sempre tão pouco...

strix disse...

Se quase nada sobra, durmamos.
Boa noite.
Strix.

strix disse...

Dormias.
Sem nada a fazer
Fui juntando teus cacos e pedaços
E, sem muito trabalho
Mas com dedicação
Com o alvorecer
Ti fiz novinha
Também bela
Hoje a noite juntarei
Todos os restos
Desse novo dia.
E dormirás
Novamente
E eu?
Rejuntando cacos
Espero
Strix.

Ricardo Rayol disse...

ahahahahahah gostei demais.

joseluis disse...

ótimo
ótimo