domingo, abril 02, 2006

Coisas Medonhas

fila de banco, fila de banco com alguém à frente que usa shampoo anti-caspa, homem baixinho com calça de prega, mulher de terninho 100% poliéster, gente que acorda de mau humor, gente que acorda falando sem parar, pessoas que não opinam, pontificam, gente excessivamente blasée, gente excessivamente animada, excessos em geral, restaurante a quilo, restaurante a quilo no domingo, telefone celular, toques de celular infames, empresas de telefonia celular, cerveja quente, vinho merlot, vinho de teor alcoólico 13º, problema de atitude, ego estridente, ego indômito, academia de ginástica, cheiro de academia de ginástica, professor de ginástica que grita, falso discurso de "carmelita descalça", livro ruim, música de bate estaca, tosse, exame de saúde, sala de espera para fazer exame de saúde, acampamento, acampamento dentro de casa, perfume muito doce, naftalina, tomada quebrada, falta de papel higiênico, elevador, ataque de riso dentro do elevador, gafes alheias, gafes próprias, gafe de padre, padre italiano velho que ninguém entende nada o que fala, prova de matemática, véspera de prova de matemática, pesadelo, insônia, cachorro doente.
p.s. esta listagem poderá ser atualizada, contanto que não vire obrigação. porque obrigação é outra coisa medonha e este blog aqui é só hobby, nada de compromisso.

3 comentários:

St. Mário disse...

música de bate estaca? ih... um barreira entre nós. hahahhah

Frederico disse...

Adiciono: nosso time perder, nosso time sempre perder, nosso time não saber mais o que é título. Ah sim... o mais medonho de tudo: flato em público. Nossa...

Denise Sollami disse...

Frederico, flato, ainda que em público, pode também ser uma coisa redentora...