domingo, julho 30, 2006

chuva

a chuva lava e livra
do impuro a atmosfera
e a nuvem se adensa,
espera
torna a precipitar.

esta chuva que lava
me livra
de tolices, quimeras
quem dera
do resto poder me livrar.

2 comentários:

Strix disse...

Lá em cima
De tudo
Que a chuva
Limpa
Aquí
Em baixo
A atmosfera
Me emporcalha

Rogério de Moraes disse...

Gostei. Muito.