domingo, novembro 14, 2010

será?










será a paz que só tenho em teus braços
o aperto no coração por tua ausência
a alegria em ouvir tua voz
ou apenas saber que estás bem:
será isso o amor?

o olhar fixo num ponto em plena algaravia
a abrigar tua lembrança tão querida
a lágrima e o sorriso:
será isso o amor?

ou será muito mais que isso?


p.s. a foto é minha, um instantâneo da decoração da romântica festa de casamento da Pilar ontem. 

6 comentários:

João Carlos disse...

Ou é isso ou muito mais. Se é que pode haver muito mais.

Suzane disse...

é só tudo isso ... pq deveria ser mais ??? pq procurar sempre por + ??? talvez o + já esteja aí e aí nos perdemos sempre buscando por + e +

adorei o seu poema, o que seja ....

Bjo

ernesto disse...

Amor só é definível por metáforas porque, sentimento, índizível e a cada um se basta. É fluido.
Você sai do senso rotineiro ao incluir paz, proteção, medo de perda, alegria e reconforto em 5 linhas.
Fecha muito bem com a polarização da paixão. Como Suzane disse,´"é só tudo isso", mesmo correndo o risco de ter parcialidade ou falta de abrangência. Melhor seria complementar, então, é só tudo isso para aquele momento.
Incrível como boa arte faz pensar.
A sua verve inspira.

Denise S. disse...

Obrigada, Suzane, obrigada, Ernesto.

Adelino P. Silva disse...

Denise, sei não, mas acho que já lhe cumprimentei pelo Natal e Ano Novo. Se não, vai de novo...
Abraços

Renata Fern disse...

Quem sente tudo isso, indaga o óbvio, né não?!

:)