sexta-feira, outubro 22, 2010

refrigério

Meio cansada da campanha à eleição presidencial, da maledicência levianamente instaurada, do blá-blá-blá em geral, de muita confusão, do espelho que descobri ser o Facebook e de perceber que aquilo é bem a materialização da máxima caetana 'Narciso acha feio o que não é espelho', peguei o pior caminho para o trabalho, a meiúca de Botafogo, a Rua Voluntários da Pátria.  Tencionava apenas ir devagar, trafegar bem vagarosamente, a pressa hoje me era tão estranha quanto a beleza é para aquele pedaço quase intransitável da cidade.  Cansada e preguiçosa, descobri, porém, num espasmo de lucidez e com alguma surpresa, que naquele bairro sempre consigo algum conforto.  Não é que me traga ele boas lembranças, ou porque ali  tenha passado uma boa fase da vida, não é por nada particularmente bom.  É, talvez, apenas por ser familiar, antigo, velho conhecido.  A confusão da Rua Voluntários da Pátria, por me ser totalmente previsível, hoje foi meu refrigério.

foto de Ernesto Martins, "Flutuante".  Aí está um refrigério bem mais agradável.

5 comentários:

Tiago Cruz disse...

Engraçado, a rua dos que "foram à guerra por vontade própria", sempre caótica todas as vezes que por lá passo, também me passa uma sensação de previsível conforto... Esquisito, hein?
Abs.
Tiago.

Denise S. disse...

Esquisito mesmo... vá entender!

cariocadorio disse...

A Voluntários é pouco de um Rio que dá certo apesar do caos. Também passo por ali frequentemente. Em geral bem cedo, o que diminue a tensão do trânsito. Sinto sensação semelhante de tranquilidade.
Denise, obrigado pela visita. Não sabia que vc era a "culpada" pelo Aventoe. Então vc tem a ver com o Cariocadorio também.
Abraços

Aventoe disse...

E assim se fecha o círculo. A madrinha de Aventoe chega ao mundo do afilhado de Aventoe... e gosta!

Botafogo, caminho da escola, e da escola dos filhos, burburinho familiar que tranquiliza. A Maria Eugênia tem saudades da Denise!

Denise S. disse...

E eu, da Maria Eugência, Aventoe!