quinta-feira, julho 05, 2007

queixa

Não entendo bem o que estou fazendo aqui. Quer dizer, entendo, mas não me conformo. Gostaria mesmo é de estar , cercada por quem aprecia o que eu aprecio, sentindo a maresia no ar e comendo moqueca.
Mas cá estou a teclar, diante deste monitor que parece ser meu irmão siamês – às vezes sinto falta dele e digo que parece que fomos separados no berço.
Enfim, estou contrariada, será mais uma edição a passar. Podia até ficar lá na Joana. Fazer o quê? Ganhar a vida. Mas mês que vem vou dar uma escapadinha, se Deus quiser. E com as bênçãos de Maria, minha mãe.

3 comentários:

Adelino disse...

Olá Denise, a Enigmática...
Ânimo, menina.
Um abraçom, e bom fim de semana.

Denise Sollami disse...

Adelino, não tem enigma: se vc clicar em cima do "lá" verá queme refiro a Flip, que está acontecendo em Parati. Adoraria estar lá...

Ricardo Rayol disse...

Amém...